quarta-feira, 24 de julho de 2013

O siginificado das cores - ROSA

Continuando a nossa série sobre o significado das cores, hoje falaremos sobre a mais terna e mais romântica delas: o ROSA, que é a tonalidade do afeto! Representa o amor incondicional , a paixão com espiritualidade e remete à própria felicidade. No universo dos sentimentos, acredite: a vida é cor-de-rosa.
As nuances róseas do mundo são femininas. O ventre da mãe, a pele, o mamilo e a boca evocam sentimentos de proteção, aceitação e pureza. O rosa amolece as emoções e promove uma atmosfera de equilíbrio. Não existe agressividade que resista ao seu encanto.
Se alguém tivesse de apontar o tom que melhor traduz ternura, feminilidade e delicadeza, certamente escolheria o rosa. Essa cor significa afeição, fidelidade e perdão constantes - ou o verdadeiro amor, que é o que todos buscamos.
O rosa é conhecido como um aspecto da energia vermelha, ligada à paixão. Pode-se dizer que ele nada mais é do que o vermelho com uma luz branca, mais espiritual, brilhando através dele. Os tons de rosa também estão associados ao erotismo e aos momentos de amor. Tanto no homem como na mulher, remetem à capacidade de reprodução, à doação de si mesmo para gerar uma nova vida.
Essa cor tão amorosa exprime a aceitação total de nós mesmos e dos outros. Detém, ainda, a capacidade de unir os dois principais aspectos da natureza humana: o material e o espiritual. Faz a ligação entre os dois extremos do nosso corpo: a base da coluna, com seu chacra (centro de energia) vermelho brilhante associado à terra, e o topo da cabeça, com seu chacra branco e dourado, que nos liga ao céu. O rosa, uma das cores do chacra cardíaco, fica bem no centro do peito e por isso nos faz encontrar o equilíbrio entre Deus e as coisas mundanas.
O fato é que esse matiz sempre vem acompanhado de um sentimento amoroso. Só de olhar um buquê de rosas cor-de-rosa o coração se enche de afeto e amorosidade.
Na cromoacupuntura, a terapia que une pontos de cores, órgãos do corpo e meridianos da acupuntura, ele se relaciona ao sangue e ao coração. Se você usar uma roupa rosa, o calor e o aconchego que a cor transmite harmonizará a sua corrente sanguínea.
O pink, resultado do encontro entre o moderado azul e os enérgicos amarelo e vermelho, é a versão mais vibrante do rosa. Alegre e impactante, ele transborda vida, estimula extroversão, mas também provoca instabilidade. Para algumas pessoas, o rosa ajuda a sair da estagnação, mas pode causar irritação e cansaço em outros, menos afeita a tanta vibração.
Que tal pintarmos nossa vida de cor de rosa????


Fonte: Revista O Poder das Cores - Edição Especial da Revista Bons Fluídos - Editora Abril
Fotos: Atelier Mônica de Godoi

Nenhum comentário:

Postar um comentário